Publicado por: revistainternacionaldoconhecimento | 29/07/2010

DRAMA ECOLÓGICO EM UM ATO – Vida de Lixo, Edmardo da Marcia

_______________________________________

VIDA DE LIXO  

( Peça teatral contemporanea – drama ecológico em um ato)

 

Autor: Edmardo da Marcia

Enredo: Personagens descartados discutem seu futuro

Publico alvo: aberto.

Duração: 30 minutos

Blog da Márcia Marques: representação de trailer.

_______________________________________

Participantes:

 

JOTA PET: PERSONAGEM DE GARRAFAS PET

MADAME LATINHA: PERSONAGEM DE LATINHA DE ALUMINIO

SACOLINHA: PERSONAGEM DE SACOLAS PLÁSTICA

SR. CACO : PERSONAGEM  FORMADO DE CACOS DE VIDRO

BOLA: PERSONAGEM DE BOLAS DE PAPEL

DR. RECICLA: MÉDICO QUE TRANSFORMA LIXO EM OBJETOS RECICLADOS.

_______________________________________

Texto.

Era um lindo dia de sol e estavam todos parados no fundo do quintal, quando de repente Jota Pet começou a gritar: – E aí, galera vamos agitar? Jota pet está na área. O que vamos fazer hoje?

Responde Sacolinha: – Você está animadinho hein. Eu não quero fazer nada estou de saco cheio de lixo e agora eu vou para onde o vento me levar.

De repente se levanta o Sr. Bola de Papel e diz: – Esperem um pouco, aqui eu sou o mais inteligente. É isso mesmo eu já fui delegado, doutor, juiz, diretor de escola, etc…

E todos exclamam: – Você foi o que?!

Sr. Bola explica com ironia: – He, He, He!  Eu já trabalhei dentro da sala do delegado, dentro de um consultório médico e até em uma sala da diretoria de uma faculdade.

Madame Latinha pergunta para o Bola: – O Sr. trabalhou como? 

Sr. Bola responde: – Eles faziam as bolinhas de papel com os rascunho e eu fui juntando e hoje estou aqui, mas isso é passado, não interessa mais.

Sr. Bola pergunta:    – O que vocês estão tramando? Se for uma festa estou dentro, mas tem uma coisa: não pode chover porque eu não sou muito fã de água, eu me derreto todo.

Entra o Caco diz: – Se for festa eu topo! Estou um caco, mas para uma festinha é diferente… Eu tenho muita disposição!

Jota Pet: – Estou tentando animar essa turma, ninguém faz nada só ficam pelos cantos contando as horas e reclamando da vida.

Jota Pet continua: – Por que eu quero aproveitar a minha vida o máximo! Eu vou viver mais ou menos 400 anos no meio ambiente e eu só tenho dois anos. E você Madame  Latinha, nunca se pergunta a idade de uma dama mais quanto tempo você acha que vai durar no meio ambiente?            

Madame Latinha responde: eu devo durar mais ou menos 200 anos no meio ambiente.

E o Caco comenta: Eu sou o cara! E vão ter que me engolir! Porque eu vou durar mais ou menos 1.000 anos rolando no meio ambiente.

Sacolinha: – Eu também vou durar 400 anos como o Jota Pet, porém as minhas irmãs que tem nascido ultimamente já são biodegradáveis e se decompõem em alguns meses, isso é a tecnologia a favor do meio ambiente.

Sacolinha continua: – E o Bola, esse ai não dura muito ele tem vida curta se molhar já era, mas vai durar de 3 a 6  meses no meio ambiente.

Madame Latinha: Vamos mudar de conversa? Eu queria mudar de vida, eu queira ser uma estrela de cinema ou uma cantora, mas isso é impossível.

O Bola com tanta experiência começou falar: – Isso não é impossível por que eu tenho uma amiga que tinha uma prima que ……………  

Aí todos gritam: – Fala logo Bola, e para de enrolar!

Bola: – Tá bom, tá bom, eu falo.  Tinha uma grande família que mudou de vida e todos que faziam parte dela, foram trabalhar na televisão.

Madame Latinha eufórica:  – Como isso aconteceu? Como? Como? Fala logo Bola!

Bola: – Foi um  tal de Dr. Recicla .

Aí todos dizem: – Dr. Recicla???

E o Bola grita: – Deixe eu contar. Era uma grande família de latinhas que o Dr. Recicla achou na rua e ele as transformou em uma antena parabólica e hoje todas trabalham na transmissão de sinal de TV.

Latinha e Caco correram e começaram a perguntar: – Bola como e onde eu acho o Dr. Recicla?

Bola responde: – Não é assim. Ele e sua equipe é que acham vocês.

O Jota Pet pergunta: – Como é que o Dr. Recicla vai nos achar aqui nesse fundo de quintal?

Caco concorda: – É verdade, você tem razão Jota Pet.

O Jota Pet diz debochando: – Eu sei que tenho razão. Por que vocês não aproveitam e ficam no portão todos juntinhos. Quem sabe, por acaso, ele passe e ache vocês!

Sacolinha exclama: – Pet você é o máximo! Vamos todos para o portão agora!

Jota Pet reclama: – Só me faltava essa, eu e a minha boca de garrafa sem tampa.

E todos correm para o portão.

E logo depois passou uma pessoa da reciclagem.

Catador: – Que bom eu estava procurando por vocês, vou levá-los para ao centro de reciclagem.

Chegando ao centro de reciclagem do Dr. Recicla, todos foram separados e cada um teve um tratamento diferente de acordo com a sua matéria prima.

Logo depois chega o Dr. Recicla e começa a olhar para todos e dizendo: – O que temos aqui papel, vidro, pet, sacolas plásticas e latinha de alumínio. Traga a ficha de cada um e vamos trabalhar.

O Dr. Recicla chama o primeiro: – Bola de Papel.

Bola responde: – Sim, sim, sou eu.

O Dr. pergunta: – Qual o seu problema Sr. Bola?

Bola responde: – Eu tenho muito medo de chuva.

Dr. Recicla explica: – Mas isso é normal bola de papel.

E Bola continua: – Eu quero mudar de vida! Quero viajar pelo mundo todo. Você pode me ajudar?

O Dr. diz: – Posso, entre em minha máquina de reciclagem e farei essa mágica acontecer.

Então o Bola de Papel ansioso pela mudança, mas também com um pouco de medo, entrou na máquina e logo depois saiu todo emocionado e transformado. Todas as suas bolinhas viraram um lindo livro de estória infantil.

Sr. Caco gritou: – Eu, eu quero ser o próximo!

Dr. Recicla: – Calma, calma! Vamos ver. Sr. Caco de Vidro, você quer mudar de vida também?

Caco diz: – Sim, sim! Eu quero ser muito bonito e chamar muita atenção!

O Dr. diz: – Tá bom, Tá bom! Eu já sei o que você vai ser. Entre na máquina.

E logo depois ele sai cheio de jóias lindas e cheio de brilhos. Eram jóias feitas de vidros derretidos.

E todos exclamam: – Que lindo! Como pode caco de vidro virar jóia?

E o Dr. diz: – Isso é o reaproveitamento, que faz parte dos 3 Rs “Reaproveitar, Reciclar e Reduzir”!

O Dr. Continua: – Vamos ao próximo. Você ai no canto, Jota Pet. No que você quer se transformar?

Jota Pet responde: – Eu quero voltar para a rua, ficar pelas praças, nos rios, sei lá.

O Dr. diz: – Nada disso! É a nossa obrigação fazer a reciclagem! Não é pessoal?

Madame latinha diz: – Fala para o Doutor, Jota Pet,  o que você quer ser.

O Jota Pet diz: – Nada.

Madame latinha diz: – Sei que, como todos nós, você quer alguma coisa. Eu não quero deixar meu amigo pelas ruas. Você vai mudar sim. E vai ser muito bom para você.

Finalmente Jota Pet concorda: Tá bom, eu vou pedir, mas se alguém rir…viro um cassetete para bater em todos vocês.

E todos dizem: – Tá bom ninguém vai rir.

E todos começam a rir: aha hahahahahahahaha

Caco exclama: – Calma e só brincadeira!

E o jota pet diz baixinho: – Doutor eu quero ser um peixinho ou um carrinho para brincar com as crianças. Proto já falei.

O Dr. Recicla diz: – É um bom pedido. Vamos lá entre na máquina.

Então sai o Jota Pet transformado em carrinhos e peixinhos de garrafa pet que serão doados para as crianças para que elas aprendam que nem tudo precisa ir para o lixo e que com um pouco de criatividade elas podem se divertir muito.

Madame Latinha diz: – Que bonito Pet. Eu sabia que você era especial.

O Dr. diz: – Vamos, Vamos.  Só faltam vocês duas. Diz ele apontando para Sacolinha e Madame Latinha.

O Dr. Continua: – Madame Latinha eu posso escolher para senhora? Já que você gosta tanto do Jota Pet eu também vou te transformar em brinquedos. Entre na maquina.

E Madame Latinha se transforma em vários brinquedos de lata. São panelinha, copinhos, pratinhos, todos pequeninos que trarão alegria para várias crianças.

O Dr. Diz: – Madame Latinha, quem sabe você não vai para mesma casa, com as mesma crianças que adotaram o Jota Pet?

Dr. Recicla: – Agora você Sacolinha.  Depois que você nasceu eu tive muito mais trabalho. Vamos lá o que você quer ser?

Sacolinha diz: – Eu quero ficar perto da natureza sentindo o vento e o perfume das flores.

O Dr. Diz: Então entra na maquina. Veremos no que você vai se transformar.

Então Sacolinha se transforma em um lindo banco de jardim e ficará sempre junto da Mãe Natureza. E ela ficou muito feliz e agradecida ao Dr. Recicla.

E juntos todos se despedem: – Na vida de lixo, nada se perde, tudo se reaproveita!

OBRIGADO DR. RECICLA!

_______________________________________


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: